Which is the city in China with the most companies in Blockchain?

China is one of the countries that has had more interest in the development of Blockchain technology. In its own way, and with its rules, but the advance is undeniable. However, do you know which is the city in China with more Blockchain companies? Find out.

In spite of all the adversities by the pandemic, more than 10,000 new Blockchain companies have emerged in China so far in 2020.

Also, according to the crypto market data company, LongHash, Guangdong province is home to approximately 30% of the new Blockchain companies in the Asian country.

More than 10,000 Blockchain companies founded in China this year

China supports Blockchain technology
For years, the idea that China is a center of development of Blockchain technology is becoming well known. Although Beijing maintains an anti-crypto currency stance, this has not prevented it from seeking to take advantage of the country’s Blockchain-based Service Network (BSN). In general, it seeks to encourage greater public-private partnerships in the sector.

So far, the year in which the most Blockchain companies were founded in China was 2018, when 18,500 such companies were officially registered.

Thus, the Blockchain revolution in China is witnessing the establishment of BSN in partnership with corporate giants such as Huawei and Tencent. Both companies are supporting not only this sector, but also other emerging technologies such as artificial intelligence (AI) and machine learning (ML).

Why does Guandong Province stand out?

Guangdong province is home to 25,371 new companies, which is almost a third of the total number of Blockchain companies in China. Guangzhou, the capital of the province, is also among the country’s major industrial centers.

Blockchain: China’s companies pay high wages
The province is famous for its ports and for being the starting and entry points of the Maritime Silk Route. In addition, it has historically been home to a community of entrepreneurs active in international trade and business.

In addition, due to its proximity to Hong Kong, it has also received special treatment to encourage economic growth. If we go back a little bit, specifically to 1980, we see that Crypto Trader was designated as the nation’s first special economic zone, to encourage more migrants and businesses to move to the city and grow in numbers.

Soon after, the central government also granted the designation to the southern cities of Shantou and Zhuhai, making Guangdong home to three of China’s five special economic zones. This is at first sight an incentive for any industry or business in China.

A Crise da Covid-19 – A maior preocupação de um Patrono é a perturbação do correio

Desde que o surto de coronavírus varreu o globo, os mercados da Darknet (DNM) cresceram exponencialmente e os lockdowns em todo o mundo estão a provocar compradores de DNM pela primeira vez. Atualmente, o maior DNM na rede invisível é o Marketplace Empire, e a única coisa que impede a correria das vendas de DNM hoje em dia são as preocupações gerais com o fechamento dos serviços postais e de entrega de correio.

A resposta ao Covid-19 causou uma situação interessante para as massas em todo o mundo, uma vez que as paralisações de negócios e os bloqueios reforçados pelo governo perturbaram a economia global. Um setor econômico, no entanto, está prosperando durante a crise financeira, já que faixas de pessoas estão visitando mercados escuros (DNMs) a fim de obter contrabando em meio aos tempos difíceis. É um fato bem conhecido que durante qualquer crise econômica e desemprego de longa data, há sempre um aumento maciço no uso global de substâncias.

O Empire Market é hoje o rei dos mercados sombrios e, de vez em quando, o mercado tem uma interrupção. O Empire suporta Bitcoin Revolution (BTC), litecoin (LTC) e monero (XMR)

No momento em que escrevo, o maior DNM é o mercado Empire Market e em todos os fóruns e redes sociais Empire é o destino de todos os artigos de DNM nos dias de hoje. Outros DNMs populares incluem o Majestic Garden, Kilos, Monopoly Market, White House Market, Dark Market, Cannahome, Cannazon Market, Hydra, UAS Service RDP, Wannabuy RDP, e Global Dreams. Dados provenientes do dark.fail mostram quais DNMs estão „online,“ mercados que estão „offline,“ e, é claro, DNMs que estão „talvez“ online.

O pesquisador por trás do portal dark.fail também tem uma conta no Twitter que fornece atualizações sobre o status de certos DNMs. Em 11 de julho de 2020, a conta do Twitter dark.fail escreveu sobre o retorno online do Empire Market após uma longa interrupção. „O Empire Market está de volta online depois de ~18 horas de inatividade. O filtro DDoS deles permaneceu online durante todo o tempo“, explicou a conta do Twitter naquele dia. No mês passado, o pesquisador por trás do dark.fail discutiu a proeminência dos DNMs com o colunista do Vice Mike Power.

Outro documento que vazou detalhou o papel desempenhado pelas moedas criptográficas nas armas biológicas vendidas em DNMs

„Os mercados de drogas Darknet estão em uma era dourada“, disse o analista do dark.fail. „Pessoas em todo o mundo têm estado presas em casa explorando Tor [um navegador de internet usado para acessar mercados privados] e comprando drogas“. Em janeiro, os mercados eram difíceis de acessar, pois estavam sob ataque permanente de hackers. Agora, eles estão operando mais rápido do que nunca“.

Além disso, a investigação de Mike Power observa que os lockdowns estão a provocar compradores de DNM pela primeira vez. Além disso, um relatório recente do Serviço de Investigação Criminal Naval ou NCIS descobriu que oficiais da Marinha dos EUA têm usado muito mais DNMs nestes dias enquanto viajam para o exterior.

O comunicado de imprensa publicado pelo NCIS salienta que os oficiais da Marinha não devem comprar LSDs de DNMs.

„O NCIS, em conjunto com parceiros policiais, continua a usar ferramentas de investigação – incluindo redes de fontes e informantes – para identificar e processar o pessoal da DON que tenta comprar LSD ou outras substâncias ilícitas na teia escura“, disse o serviço Naval dos EUA.

As últimas semanas de dados do DNM também mostram que bitcoin (BTC), monero (XMR) e litecoin (LTC) são as principais moedas usadas nos DNMs. O período de quatro semanas medido no painel de controle do Grupo 1000x mostra a taxa agregada de aceitação de moedas de DNM dos fornecedores, medida em porcentagem. No momento da publicação, as análises das notas de rastreamento do Grupo 1000x são 11 DNMs que aceitam apenas DNMs. Três DNMs aceitam BTC e uma mistura de altcoins como LTC, e XMR. Há dois DNMs que suportam estritamente a aceitação do monero (XMR), que inclui o Monopoly Market e o White House Market.

As estatísticas do Grupo 1000x indicam que em 14 de julho de 2020, a aceitação do fornecedor litecoin (LTC) era de cerca de 28%, enquanto o bitcoin (BTC) é aceito pela maioria dos fornecedores de DNM. A XMR é suportada por 67,4% da aceitação dos fornecedores em 14 de julho também. Monero tem sido muito proeminente nos DNMs, já que a moeda centrada na privacidade tem visto uma demanda crescente nos DNMs mês após mês desde o início do surto de Covid-19. Além disso, um relatório da subsidiária Bitfury Crystal Blockchain mostra que os serviços de mistura de bitcoin (BTC) na rede profunda aumentaram em 2,100%.

O fórum Reddit r/darknet tem visto um crescimento maciço com 120.000 assinantes. Uma discussão ou reclamação comum durante os últimos meses tem sido dirigida aos serviços postais globais como o Serviço Postal dos Estados Unidos (USPS), que tem sido ameaçado pela economia do Covid-19.
Também apesar dos Estados Unidos desenvolverem um programa de inteligência de criptografia de moedas que tem como alvo os fóruns da Darknet, o r/darknet subreddit cresceu para um total de 120.000 assinantes. Há muita discussão acontecendo no r/darknet se você contornar os usuários de trolling e DNM tem várias preocupações nos dias de hoje.

Vários usuários de DNM têm falado sobre o recente despejo de dados „Blue Leaks“ que revelou alguns documentos que falavam sobre as moedas criptográficas e o uso de DNM. De todos os documentos provenientes de mais de 200 agências de aplicação da lei estaduais e federais, um documento descreveu como o FBI estava tendo dificuldades com o rastreamento do XMR. Outro documento que vazou detalhou o papel desempenhado pelas moedas criptográficas nas armas biológicas vendidas em DNMs.

Entretanto, a maior preocupação dos usuários de DNM hoje em dia é a quebra dos serviços postais e de remessa. O fórum subreddit r/darknet está repleto de dezenas de posts sobre como o fechamento da economia global está afetando as remessas de drogas e como isso pode ficar muito pior no futuro.

Um indivíduo descreveu como mesmo quando a pandemia começou a piorar, suas entregas de DNM sempre „chegaram a tempo“, mas agora ele está esperando há 52 dias.

Um tópico em particular chamado „Trump Is Destroying the USPS“ foi rapidamente bloqueado por moderadores de r/darknet depois de ter recebido uma série de votos contrários. O fato é que o uso de DNM cresceu tremendamente durante os últimos meses desde que o Covid-19 começou, e a única coisa que realmente preocupa os usuários de DNM é uma enorme interrupção de correio.

O que você pensa sobre o crescimento dos DNMs e a preocupação com as preocupações com os serviços postais e de remessa? Diga-nos o que você pensa sobre este assunto na seção de comentários abaixo.